Cerca de 3 milhões de pessoas foram à Parada (Foto: AGNEWS)
Cerca de 3 milhões de pessoas foram à Parada (Foto: AGNEWS)

Muita gente deslegitima a Parada LGBT, invocando argumentos como os gastos exacerbados. Contudo, é oportuno pontuar que há gastos, mas também há retornos. Isto é óbvio, pois o evento alcançou uma dimensão imensurável.

Dito isso, a atração que aconteceu no último domingo (23) movimentou, segundo levantamento, aproximadamente R$ 403 milhões na cidade de São Paulo – 40% maior do que foi em 2018. Os dados foram divulgados sexta-feira (28) pela prefeitura da capital.

O desfile deste ano rememorou 50º aniversário da revolta de Stonewall. O fato é considerado uma das maiores rebeliões de membros da comunidade LGBT contra a polícia de Nova York. O episódio aconteceu em 28 de junho de 1969.


A Parada de São Paulo ocorre desde 1997. O Intento do evento é unir a diversidade e aproveitar o ensejo para bradar pelo respeito e o orgulho de ser quem verdadeiramente é, além de reivindicar direitos.