O objetivo da empresa é reforçar seu compromisso com a diversidade (Foto Ilustrativa)
O objetivo da empresa é reforçar seu compromisso com a diversidade (Foto Ilustrativa)

De olho na importância social da 23ª Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo, a empresa Bayer vai levar seus funcionários LGBTs, apoiadores e alguns dos seus executivos mais importantes para a manifestação deste domingo (23). O objetivo da empresa é reforçar seu compromisso com a diversidade no ambiente de trabalho e seu apoio as pautas de igualdade e inclusão da comunidade LGBT+.

A ideia de participar mais ativamente da parada neste ano surgiu nas reuniões do Blend, grupo de funcionários que tem como foco o respeito no ambiente de trabalho e a promoção de mais oportunidades internas, por meio de práticas inclusivas, para a comunidade LGBT+.

A alta liderança aprovou o projeto e mais: se dispôs a ir também para reforçar o comprometimento da companhia com a criação de um ambiente de trabalho ainda mais inclusivo para todas as pessoas.


Participarão do evento o CEO da Bayer Brasil, Marc Reichardt, o líder da divisão de Crop Science, Gerhard Bohne e o executivo alemão Gerhard Arnhofer, que é Head of Integrated Multichannel Marketing & Sales – Platforms & Capabilities. Os executivos querem reforçar a discussão sobre respeito e igualdade dentro da empresa e nos mercados em que a Bayer atua.