Parada LGBT de Salvador
Parada LGBT de Salvador (Foto: Evandro Veiga/Divulgação)

Salvador recebe neste domingo (9), a 17ª Parada do Orgulho LGBT da Bahia, que neste ano tem como tema “Abraço à Diversidade”. O Grupo Gay da Bahia (GGB) fez uma programação musical democrática para divertir, entreter e, claro, fazer ativismo cultural com a cara da diversidade.

A Parada do Orgulho LGBT da Bahia pela sua variedade de atrações culturais é uma das mais qualificadas do Brasil, ficando apenas atrás da de São Paulo, que possui características particulares e se constitui como referência internacional pelo número de participantes.

LEIA MAIS:


Salvador recebe festa trans na véspera da Parada do Orgulho LGBT

Personalidades e entidades recebem troféu “Honra ao Mérito da Diversidade Cultural LGBT” em Salvador

O evento tem início a partir das 11h, no palco “Braços Abertos Para a Diversidade”, no Campo Grande, sob o comando de Bagageryer Spilberg e Michelle Lorem, e coordenação de Sivaldo Tavares, com apresentação de artistas transformistas e atrações musicais. A partir das 15h, quem assume o palco é o apresentador Jocimar Santos.

 

Confira os horários das apresentações:

11h

Grupo vocal Black Boys

11h30

Drags

Rosa Moreno

Frutífera

Suzzy D’ Costa

Léo Vitar

Alehandra Dellavega

Nágila Goldstar

Ferah Sunshine

12h40

Rainha Loulou e The Fabulous

60 anos de Madonna

13h

Duelo das divas (covers)

Scarlet Sangalo (Ivete Sangalo)

Bia Mathieu (Claudia Leitte)

Scher Marie (Daniela Mercury)

13h30

Cantora Cida Martinez

15h

Cantora Denise Correia

17h

Banda Limusine

19h

Cantora Márcia Castro

 

O presidente do GGB, Marcelo Cerqueira, acredita que a cada ano é preciso qualificar o evento em relação às atrações. “Queremos produção, algo que conte uma história. Dessa vez vamos homenagear as Frenéticas”.

Ainda no Campo Grande, no Foyer do Teatro Castro Alves, também às 11h, será realizada a coletiva de imprensa da 17ª Parada do Orgulho LGBT da Bahia, sob apresentação da jornalista Maíra Azevedo, onde será entregue o troféu do GGB: “Honra ao Mérito da Diversidade Cultural LGBT” a personalidades, órgãos públicos e entidades do movimento social, que se destacaram por suas relevantes contribuições à diversidade cultural LGBT, com a presença de autoridades, artistas, os contemplados do troféu do GGB, os padrinhos Julieta Palmeira e Fernando Guerreiro, e o presidente do GGB, Marcelo Cerqueira.

Na ocasião, a soprano lírica Ana Clícia Ferreira fará uma apresentação acompanhada de viola, violino, violão e violoncelo. O Balé Teatro Castro Alves se apresentará juntamente com a cantora ao som da Suíte 2 “Rabanera”, da ópera Carmen, de Georges Bizet, seguida do clássico “Conserto Para Uma Voz Só”, de Saint-Preux, Paris, 1950.

Cortejo de trios

A abertura oficial do cortejo dos trios começa às 15h, sob o comando da atriz Márcia Andrade, com execução do hino nacional pela cantora Juliana Ribeiro, coroação dos padrinhos, discurso de autoridades e apresentação do Cortejo Afro, no trio oficial do GGB. Em seguida, o cortejo segue com mais sete trios levando muita música eletrônica e shows. Confira:

Trio da Diadorim (Núcleo de Gênero da UNEB)

DJ Mauro Telefunksoul e convidados

Trio UNALGBT

DJs Kelly Cooper, Magoo, Neres, Sasha Heels e Montenegro

Trio Leokret do Brasil

Giba e banda BateStaka ao som de sertanejo universitário

Trio da Boate Tropical

DJs e show de transformistas, dentre elas Lyza Bombom (SP)

Trio do Aplicativo de Mobilidade Uber

Gilmelândia

Trio Chaveirinho do Arrocha

Trio Arco Íris

Ações sociais e de cidadania

O evento vai promover a testagem sorológica para detecção do HIV/Aids, sífilis e hepatites virais, além da distribuição de 20 mil preservativos.

Também será reciclado todo material plástico descartado durante o evento, que será transformado em bolsas, porta lápis e mochilas, distribuídos aos alunos das escolas municipais.

A Parada do Orgulho LGBT conta, este ano, com duas campanhas nas ruas, “Abrace à Diversidade” e “Orgulho em Letras Maiúsculas”, ambas desenvolvidas pela agência Propeg para o Grupo Gay da Bahia.

A realização da 17ª Parada do Orgulho LGBT da Bahia é do Grupo Gay da Bahia (GGB), Quimbanda e CBAA, com apoio do Estado da Bahia, Prefeitura Municipal da Cidade do Salvador, Uber e Dois Terços.

DEIXE UMA RESPOSTA