Parada LGBT de Salvador
Parada LGBT de Salvador (Foto: Evandro Veiga/Divulgação)

Os organizadores da 17ª edição da Parada do Orgulho LGBT da Bahia divulgaram na sexta-feira (06), o tema do evento deste ano, marcado para acontecer no dia 9 de setembro, no centro da capital Salvador.

Com o lema “Abraço a diversidade”, o desfile percorrerá as principais vias da cidade em oito trios elétricos e um palco montado. O diretor teatral e presidente da Fundação Gregório de Matos, Fernando Guerreiro e a secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres, Julieta Palmeira, serão condecorados como os padrinhos da festa.

Dentre as atividades previstas na programação oficial da Parada está o show de transformistas, que homenageará o grupo de dança Dzi Croquettes e a banda As Frenéticas. Também haverá uma premiação de honra ao mérito da diversidade cultural LGBT.


LEIA MAIS:

Ativistas organizam manifestação pró-LGBT na Rússia

Após protestos, Globo confirma cenas de beijo entre casal lésbico de Segundo Sol

As ministras Carmén Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), e Rosa Weber, do Supremo Tribunal Eleitoral (STE) também serão lembradas com a entrega de um prêmio às duas pela aprovação da retificação de nome e gênero para pessoas transgêneros no título de eleitor.

As Universidades Federal da Bahia (Ufba) e a Universidade Federal do Sudoeste Baiano (USFB) indicadas por criarem cotas pós-graduação para homens e mulheres transexuais e travestis. O Esporte Clube Bahia também será premiado pela campanha de combate à homofobia intitulada “Não há impedimento”.

DEIXE UMA RESPOSTA