Marcha Trans
Marcha Trans (Foto: Reprodução/Internet)

Este ano a visibilidade trans será celebrada dentre os eventos que fazem parte da programação da 22ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, com a 1ª Marcha do Orgulho Trans que acontece dois dias antes do desfile oficial da diversidade, no dia 1° de junho, com diversas atrações.

Os cantores Johnny Hooker, Liniker e Mulher Pepita serão alguns dos nomes que irão se apresentar no evento, que nasceu da ideia do grupo de amigos: Lam Matos, Tiely Queen, Pri  Bertucci e Lorenzo Lang com o objetivo de dar maior visibilidade a pessoas trans dentro do meio LGBT.

LEIA MAIS:


Homem mata mulher trans norte-americana no Texas

Canadá inclui terceiro gênero em Censos oficiais

Lorenzo Lang, um dos organizadores explicou a importância da manifestação para a representatividade trans. “Nós temos um espaço na Parada, mas é um espaço pequeno e não conseguimos expor todas as nossas demandas. Fora isso, nos espaços de decisão pública sempre somos silenciados. É uma vida sendo jogada pra baixo do tapete, e não é isso que queremos, precisamos mostrar que temos vida, que somos fortes e temos demandas que precisam ser debatidas de forma urgente”, afirmou.

A 1ª Marcha do Orgulho Trans acontece no dia 1° de junho, com concentração a partir das 14h no Largo do Arouche. Para participar do evento, como voluntário ou conferir a programação acesse o site oficial.

DEIXE UMA RESPOSTA