Pabllo Vittar
Pabllo Vittar (Foto: Reprodução)

A 22ª edição da Parada LGBT de Copacabana contará com um seleto time de artistas que estão em evidência. Além da já confirmada participação de Daniela Mercury, as cantoras Pabllo Vittar, Preta Gil, IZA, Lexa e MC Cariúcha também participaram do desfile que vai agitar a orla carioca no próximo domingo (19).

De acordo com o Grupo Arco-Íris, um dos organizadores do evento, todas as artistas abriram mão do cachê para fazer parte da festa, que será realizada sem o patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro, este ano. “Eles vão subir ao trio elétrico por amor à causa”, afirmou a presidente do grupo Marcelle Esteves.

Com o apoio de empresas privadas, como a Ambev, a Uber e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro(ABIH), Esteves comentou da importância da Parada.O grande desafio deste ano é colocar na rua o tema da Parada: a resistência”, ressalta ela. As informações são do jornal Extra.


Leia Mais:

Colunista afirma que Daniela Mercury cobrou cachê para se apresentar em Parada LGBT; cantora desmente e estuda processo

Dono de boate LGBT de São Paulo lança campanha para combater intolerância

“Num momento em que direitos são retirados, em que o fundamentalismo e conservadorismo avançam, colocar o terceiro maior evento da cidade na rua com esse mote e, ao mesmo tempo envolver artistas, a comunidade e vários movimentos sociais tem nos feito perceber o quão importante é todas as pessoas estarem unidas em um único propósito.”

Marcada para o início às 9h, a festa contará com dezenas de atrações musicas que percorrerão a orla da Zona Sul da capital carioca, através de seis trios elétricos. A travesti Jani de Castro abrirá o evento com o hino nacional. A bateria da escola de samba Estação Primeira de Mangueira também.