Prefeito veta projeto de Parada LGBT no calendário ofical de Campo Grande

Parada LGBT Campo Grande
Parada LGBT de Campo Grande (Foto: Reprodução)

O prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD-MS) afirmou que não deve aceitar o pedido do projeto que inclui a Parada do Orgulho LGBT no calendário oficial da cidade. Segundo ele, o evento traz muitas despesas, e por este motivo, seria inviável a prefeitura arcar com tudo sozinha.
“Não tenho nada contra o evento, mas o projeto repassa toda a responsabilidade de realizar e organizar o evento para a prefeitura, o que não podemos concordar, até porque vai trazer despesas aos cofres públicos e neste momento não estamos promovendo eventos para nenhum segmento”, disse Marquinhos ao site Campo Grande News.
Leia Mais:
Ainda conforme o prefeito, a organização do evento deveria ficar com as ONGs, entendidas e associações pró LGBTs e a prefeitura deve apenas apoiar em questão de logística, segurança e trânsito. “Se houver esta mudança no projeto, não terei nenhum problema em sancionar”, garantiu.
“Eles (representantes) também entendem que o evento deve ser organizado pelas entidades e não a prefeitura estar a frente da realização”, relatou o prefeito. Vale lembrar que a matéria já havia passado pela Câmara Municipal, no início do mês passado, em votação acirrada.

DEIXE UMA RESPOSTA