Parada LGBT: taxa de ocupação de hotéis vai a 90% no centro de São Paulo

A estimativa é de que essa ocupação tenha movimentado R$ 2,4 milhões por dia.
A estimativa é de que essa ocupação tenha movimentado R$ 2,4 milhões por dia.

A 21ª Parada do Orgulho LGBT aconteceu nesta semana, em São Paulo, na avenida Paulista e de acordo com os organizadores, foram cerca de três milhões de pessoas na parada, e além da importância para o público LGBT, o Ministério do Turismo destacou o expressivo impacto do movimento para a indústria local.

O evento garantiu uma taxa de ocupação de 90% nos hotéis localizados na região da Paulista e no centro da cidade, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de São Paulo (ABIH-SP). A estimativa é de que essa ocupação tenha movimentado R$ 2,4 milhões por dia.

“Os números referentes à Parada do Orgulho LGBT em São Paulo só comprovam que grandes eventos são fundamentais na atração de um número cada vez maior de turistas para nossos destinos, movimentando, assim, a economia. E pensando em atender cada vez melhor os diversos perfis de viajantes, o Ministério do Turismo lançou, no final de 2016, a cartilha de dicas para atender bem o turista LGBT”, explicou o ministro do Turismo, Marx Beltrão. Segundo o MTur, os turistas LGBT representam 10% dos viajantes no mundo e movimentam 15% do faturamento do setor.


A cartilha criada pela entidade, disponível nos formatos impresso e on-line, traz informações sobre legalidade, conceitos básicos e dicas de como atender bem. Entre os conceitos tratados no guia estão a diferença entre identidade de gênero, sexo biológico e orientação sexual.

A edição de 2017 do evento, que teve como tema o estado laico e foi realizado pela Associação da Parada do Orgulho de Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros de São Paulo, contou com 19 trios elétricos, shows de Daniela Mercury, Anitta e Naiara Azevedo, além de intervenções culturais promovidas pelo diretor artístico Heitor Werneck no início e durante a manifestação

Fonte: Pan Rotas


DEIXE UMA RESPOSTA