Quem ele pensa que é? Silas Malafaia chama a Disney de safada e propõe boicote por beijo gay

Pastor Silas Malafaia
Pastor Silas Malafaia (Foto: Reprodução)

Na última quarta-feira, 1º, o pastor Silas Malafaia propôs em seu Twitter um boicote à Disney. A motivação foi o primeiro beijo gay em uma animação, Star vs. as Forças do Mal. Na cena, vários casais se beijavam durante o show, entre eles casais gays, héteros e idosos.

Na rede social, as reações, em vez de serem contra ou a favor da Disney, mostram que o chamado ao boicote do pastor será pouco efetivo.


Teve até resposta de Vera Holtz, cuja conta no Twitter é responsabilidade de um estudante do Rio Grande do Norte. “Safadeza não é um beijo gay, pastor. Safadeza é fazer lavagem de dinheiro e conseguir bens materiais usando a fé das pessoas. Boa noite!”, comentou.

Não satisfeito ele chegou a responder a atriz em sua conta do twitter e depois disparou:

A pergunta que fica é: Como uma pessoa consegue ser tão desprezível? Homofobia não é opinião, é crime.

Com certeza este “gayzada” ainda vai sair caro para o bolso deste pastor que adora usar de polêmicas de teor homofóbico para se promover. O pior de tudo é pensar que existe um legião de pessoas que compactuam com o pensamento deste senhor que na incapacidade de se promover com palavras de amor ao próximo, se contenta em viver de se incomodar com a vida dos outros.

Não gosta da Disney? Não assiste, é simples! Nós não gostamos de você e nem por isso saímos por ai pedindo para que os outros te boicotem. Até porque, você mesmo já faz isso sozinho.

Se na própria Bíblia diz que Deus nos deu o livre arbítrio, quem é você pra nos tirar? Vai lavar louça Silas Malafaia!