Marcio Rolim falou sobre abusos na Igreja (Ilustrativa)
Marcio Rolim falou sobre abusos na Igreja (Ilustrativa)

Dessa vez, parece que o YouTuber Marcio Rolim mergulhou um pouco mais distante nas memórias. Neste vídeo, ele conta como e porque largou a igreja e relata abusos, de forma bem humorada, que ocorreram durante o período em que era coroinha.

Os abusos, de certa forma, se perduraram durante a adolescência quando era membro do grupo de jovens: “eu fui obrigado a ter uma namorada, ou teria que sair das minhas funções da igreja”, conta.

Assista:


No vídeo, ele relata que um diácono tocava sua mão sempre que o pároco da igreja não estava disponível para rezar a missa de domingo e também conta que um padre direcionava olhares constrangedores para ele.

O Vídeo chamado “Bullying na Igreja” é um relato tardio de traumas da infância que o levaram a decidir não mais ter uma religião, bem como entender sua sexualidade reprimida até a vida adulta.

Sem medo de represálias, como em todos os seus vídeos, Marcio fala nomes, datas, locais, tudo como aconteceu de forma muito bem humorada, sem perder a esperança de que, em qualquer tempo, é sempre bom se livrar de traumas antigos.