Tertuliana
Tertuliana (Foto: Reprodução)

Tertuliana estourou no Brasil com a música “Murro na Costela do Viado”, e desde então, vocalista da banda “A Travesti“, a famosa bateu um bapo com o Yahoo, e comentou sobre o preconceito diário que enfrenta.

“A travesti não tem o direito de fazer arte, a travesti só tem o direito de se prostituir na nossa sociedade. Então, a gente tem que ocupar o lugar da arte também, não só da arte como da academia, da medicina, do jornalismo, da história, do cinema, de tudo a gente tem que ocupar”, começou ela.

“Tudo o que foge do trabalho informal é negado a nós. E até alguns trabalhos informais são negados. Você dificilmente vê travesti como eu vendendo brigadeiro. Esses dias me emocionei vendo travesti que é catadora de latinha aqui em Salvador”, falou a artista.


Por fim, a musa detalhou ainda mais a vida difícil da população de travestis. “Ao invés de se prostituir essa travesti tá catando latinha na rua. São sinais de que nem todas nós queremos isso para as nossas vidas E esses sinais soam como gritos de socorro”, concluiu ela.