Visibilidade Trans: IBCM lança república para jovens trans em Salvador

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Comemorada dia 29 de janeiro, data criada em 2004 pelo Ministério da Saúde após a divulgação da campanha “Travesti e Respeito”, em reconhecimento à dignidade desta população, este ano, a semana da Visibilidade Trans foi marcada por muitas atividades voltadas ao público.

“Esse é um ato de amor e necessário, pois é muito doloso saber que a nossa juventude trans vive a violência dentro dos seus lares, e em muitos casos, o abandono. É um trabalho de formiguinha, aos pouco vamos criando novos espaços. Este é o primeiro pontapé, e sem dúvidas outras oportunidades terão para abrigar mais jovens e inseri-los na escola e no mundo do trabalho”, revela Alfredo Dorea, responsável pela IBCM.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atividades realizadas em Salvador, pela IBCM, como palestras, encontros, ações e um presente especial para os jovens trans em situação de vulnerabilidade, vieram justamente com o intento de dar mais visibilidade e diminuir o impacto dos problemas enfrentados. Os jovens ganharam uma república, criada pela Instituição Beneficente Conceição Macedo (IBCM).

“Não teríamos data melhor para essa iniciativa da IBCM em prol das pessoas transexuais e travestis em situação de vulnerabilidade com todo suporte as políticas socioassistenciais”, comemora Renildo Barbosa, coordenador do CPDD-LGBT.

Segundo informações oficiais, a triagem para o acolhimento será realizada pelo corpo técnico do CPDD-LGBT, localizado na Rua do Tijolo, nº 8, Pelourinho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio