Vinícius Peres e Antônio Marcos (Reprodução/G1)
Vinícius Peres e Antônio Marcos (Reprodução/G1)

Um casal gay foi alvo de um ataque homofóbico na noite do último domingo (8), na cidade de Volta Redonda, no sul do Rio de Janeiro. O caso aconteceu durante uma visita a uma lanchonete do bairro de Vila Santa Cecília.

Em depoimento à polícia os rapazes afirmaram que as agressões se iniciaram após eles fumarem um cigarro. As vítimas declararam que sentaram em uma mesa distante, para não incomodar ninguém, mas mesmo assim foram repreendidas.

Incomodados com a presença dos rapazes no estabelecimento, dois homens partiram em direção às vítimas e obrigaram elas a apagarem o cigarro, ao receber uma negativa, a agressão com xingamentos homofóbicos se iniciaram.


“Creio que foram uns 15 minutos de agressão. Pessoas tentaram ajudar, mas foi uma cena horrível. Não desejo isso para ninguém, nem para o meu pior inimigo. É péssimo.” explicou Vinícius Peres ao G1.

“Não esperava que poderia ter acontecido aquilo naquele momento, foi inesperado. (…) Jamais iríamos imaginar que poderíamos passar por tudo isso”, disse Antônio Marcos Soares, uma das vítimas.

Após o caso, os rapazes registraram uma denúncia na delegacia da cidade, que abriu investigação sobre a situação. Até o momento ninguém foi preso e o caso segue sendo investigado.