A polícia da cidade de Limeira, interior de São Paulo, registrou nesta quinta-feira (25), um caso de homofobia com um jovem gay. Segundo a vítima, os homens tentaram agredi-lo.

Em depoimento à Polícia, o jovem de 21 anos, que não tem o nome divulgado, afirmou que caminhava pela rua Santa Cruz, quando foi surpreendido por dois homens que começaram a xinga-lo com palavras homofóbicas e, em seguida, correram atrás dele. No entanto, a vítima conseguiu fugir.

Conforme o site Rápido no Ar, o rapaz já conhece os homens e esta não é a primeira vez que as ameaças homofóbicas acontecem. O caso foi registrado na 3º Distrito Policial de Limeira.


Desde que o Supremo Tribunal Federal (STF), aprovou a lei que equipara a LGBTfobia com o crime de racismo, diversos casos do tipo têm sido registrados no Brasil. Na última semana cerca de dois casos de homofóbica que foram registrados na polícia vieram a público.

O último caso aconteceu em Belo Horizonte, quando um cabeleireiro foi atacado com uma barra de ferro pelo próprio vizinho. O agressor afirmou que a vítima estava tendo relações sexuais com outro homem, no terreno no qual os dois dividem casa – a vítima nega.