Assédio, estupro importunação sexual
(Ilustrativa)

Daniel do Abade, vereador de Curuçá, no nordeste do Pará, foi preso no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na barreira de Castanhal. O político, que foi detido na última sexta-feira (23), é suspeito de estuprar uma adolescente de 15 anos no município.

Várias provas incluindo testemunhas, vídeos e áudios apontam para a autoria do crime. Após o recolhimento das provas, o juiz deferiu a prisão preventiva do acusado, que logo foi levado para o sistema penal do estado.

Daniel deve responder pelo crime de estupro qualificado de menor. Em relação à Parada LGBT+, em 2019, o acusado categorizou o evento como imoral e fim do mundo. A postagem foi feita nas mídias sociais.


“É o fim do mundo! A imoralidade deles deveria ficar entre quatro paredes”, disse na publicação, que logo foi apagada, conforme você pode visualizar no G1.