Turismo
Turismo LGBT (Ilustrativa)

Planejar uma viagem é tudo de bom, mas ao mesmo tempo que é fácil ter acesso aos lugares mais conhecidos, nem sempre acontece o mesmo com os famosos “achados”, que podem ser um barzinho escondido, uma loja fantástica que ninguém conhece ou aquele ótimo restaurante que só quem é local sabe onde fica.

Portanto, quando se trata de achados LGBTQ+ que rendem experiências especiais em viagens, temos que espalhar a informação. Veja a seguir quatro dessas vivências que você precisa incluir em sua lista de viagens.

Israel: Parada Gay de Tel Aviv

Dizer, por exemplo, que Amsterdã é um point para a comunidade gay talvez não seja novidade, mas saber que no coração do Oriente Médio está a cidade mais gay-friendly do mundo pode ainda ser uma surpresa para muitos. A Parada Gay de Tel Aviv é um desses atrativos que merecem destaque. É verdade, Tel Aviv é uma das cidades mais liberais do mundo e capital queer. Todos os anos em junho a cidade celebra a Semana do Orgulho Gay, que culmina numa grande parada que está entre as mais coloridas do mundo e que reúne milhares de pessoas, conforme comentado em um artigo nosso disponível para vocês. E não é só isso: durante o mesmo período, acontece também a Feira Cultural Gay, o Festival de Teatro LGBT e o Festival de Cinema LGBT, ou seja, a cidade se transforma em uma grande celebração. Mas, se você não puder ir para Tel Aviv nessa época do ano, não tem problema, pois a cidade oferece diversão 24 horas, com praias e bares voltados à comunidade.


Estados Unidos: diversão em Las Vegas

Las Vegas oferece um mundo de diversões e dentre estas estão alguns espaços especificamente voltados à comunidade, como o Tropicana Las Vegas, o Caesars Palace e o Luxor Hotel e Casino. O primeiro é membro LGBT oficial de Nevada e anfitrião da competição esportiva gay City Shoutout. São mais de 30 eventos e 8 mil competidores em 24 modalidades. Já o Caesars Palace destaca-se pela ética. O hotel tem forte comprometimento com seus funcionários LGBTQ+, estendendo a eles benefícios médicos como terapia de reposição hormonal e cirurgias de redesignação de gênero. Além disso, quando o assunto são atrações culturais, o local é conhecido por ser o melhor lugar para shows ao vivo, com ídolos da comunidade, como Cher, se apresentando por lá. Por fim, o icônico Luxor Hotel e Cassino oferece a Temptation Sundays, a festa na piscina mais colorida da cidade. O estabelecimento oferece facilidades como spa, salão, lojas, academia, parque e campo de golfe. Também promete diversão 24 horas com shows, bares, discotecas e, é claro, o cassino. Ali, é possível desfrutar, entre outros, de diferentes jogos de mesa e caça-níqueis, modalidades cuja tradição e popularidade têm se mantido bastante acesa nos últimos tempos especialmente por também estarem disponíveis on-line atualmente. Portanto, se você for a Vegas, mas não souber muito bem como jogar em um cassino físico, há muitas plataformas do gênero em que é possível praticar para aprender um pouco mais sobre esses jogos. Seja por meio de seu computador ou até através de seu smartphone, como mostra a lista disponibilizada no portal https://www.casinos.pt/moveis/, que comenta as plataformas mais confiáveis adaptadas ao universo mobile, você pode jogar antes da sua viagem para já chegar lá arrasando. Aproveite e verifique no app Vegas quais são os shows, tours e eventos para os quais é necessário comprar ingresso com antecedência e efetue a compra diretamente com o vendedor por meio desse aplicativo. Baixe também o WiFi Map para saber onde há pontos de WiFi gratuito, já que alguns resorts podem cobrar até US$ 35 por dia pelo serviço.   

Inglaterra: hospedar-se em Shoreditch, bairro de Londres

Fonte: Unsplash

Londres é uma cidade multicultural e receptiva à comunidade LGBTQ+, mas existem lugares descolados e criativos que vão além da já bem conhecida região de Camden Town. Um deles é Shoreditch. Localizado no leste da cidade, o bairro é muito prazeroso para se hospedar e fica bastante próximo ao centro. As ruas são muito coloridas por conta dos diversos grafites e da arte de rua que caracterizam a região, com nomes como Bansky e Ben Eine já tendo deixado sua marca por lá. Mas não se trata somente de ser cheio de cores e criativo. Shoreditch é um lugar em que todos podem andar tranquilamente e demostrar afeto em público sem receios. Um outro ponto interessante da região é o Lady Dinah’s Cat Emporium, perfeito para quem gosta de gatos. Caso esse seja o seu caso, dê uma passada por ali e tome um café cercado de amigos felinos. 

França: almoço em Le Marais, vizinhança chique de Paris

Que Paris é outro lugar fantástico não é tão novidade, mas o achado fica para a importância histórica e para o charme pessoal da vizinhança Le Marais. Tendo sido um bairro judeu no passado, Le Marais tornou-se uma das vizinhanças mais alta classe de Paris e não há como resistir a um almoço num dos charmosos restaurantes enquanto observa bandeiras de arco-íris por todo lugar, das ruas e árvores às varandas dos apartamentos, independentemente da orientação sexual de quem os habita. Portanto, pelo senso de comunidade, Le Marais merece estar nessa lista.

E aí, gostou? Então já é hora de arrumar as malas!