“Tudo é possível”, diz Bruna Linzmeyer sobre relacionamento aberto

A atriz, que namora a produtora musical Marta Supernova, falou tudo sobre relacionamento aberto

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Bruna Linzmeyer, de 28 anos, resolveu falar tudo o que pensa sobre relacionamento amoroso. Ela que atualmente namora a produtora musical Marta Supernova, fez altas revelações durante sua participação no podcast Escuta, Maria Clara, da Marie Claire. Na entrevista, a famosa afirmou que para que um relacionamento não monogâmico dê certo é preciso criar códigos e muita conversa para entender até onde ambos se sentem confortáveis.

“No caminho descobri que, às vezes, os códigos eram só inseguranças minhas que precisas para começar e depois fui por outro caminho. Mas nada é muito fixo, uma relação se constrói vivendo ela. Já que uma relação que começou aberta e a gente fechou em algum momento e abriu de novo. Não uma regra e acho que isso existe uma coisa muito interessante. Tudo é possível“, explica a atriz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sobre suas relações, ela fala sobre aprendizados e critica padrões que a sociedade impõe. “Eu já caí em diversas armadilhas da normatividade. Comecei em relações monogâmicas, heterossexuais, e depois fui entendendo que o mundo não é só o que costumam mostrar pra gente. Eu já tive relações não monogâmicas de diversos tipos e já atravessei muitos medos, angústias e conflitos, e também muitas coisas brilhosas pelo caminho, que fizeram e fazem muito sentido pra mim“, afirma.

Bruna conta que aos poucos, foi entendendo como o relacionamento funciona para ela. “Não pode ficar com alguém do nosso círculo comum de amizades, por exemplo. Tem regras que a gente vai construindo e eu entendo e respeito que são importantes pra gente. Depois de ter feito uma lista gigante entendi que algumas não faziam sentido e eram uma super insegurança, e eram até regras que eu não gostaria de cumprir“, explicou ela, que se assumiu bissexual em 2018, e revelou que desde a adolescência se sentia atraída por mulheres.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio