Três homens agridem mulher trans em rua de Paris

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma mulher trans, de 31 anos, identificada como Júlia, foi agredida por três homens em Paris. O caso ocorreu quando ela subia uma escadaria em direção à estação central do metrô, na praça La République. No momento do fato havia um protesto contra o ex-presidente da Argélia, Abdelaziz Bouteflika, que renunciou na terça-feira (02).

Um filmagem amadora documentou todo o ato. Nela, a vítima é impedida de passar pela escada e sendo provocada em árabe. Em outro momento, ela chega a ter o cabelo puxado por um dos agressores.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Você é homem! Você não vai a lugar algum!”, diziam os manifestantes transfóbicos. Felizmente, a mulher teve ajuda de uma garota que participava da manifestação, que a se defender dos socos e pontapés. Porém, as agressões só cessaram com a intervenção de agentes de segurança do metrô.

O vídeo que foi rapidamente divulgado não só na França, gerou grande indignação. O acontecimento chegou até a ser comentado pela prefeita de Paris, Anne Hidalgo e a secretária de Estado encarregada da Igualdade entre as Mulheres e Homens e da luta contras as discriminações, Marlène Schiappa, classificou o ato como “inadmissível”.

https://twitter.com/Lyes_Alouane/status/1112964139616555008
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio