Transexual é encontrada morta em Ribeirão Preto e amigo diz: ‘Pessoa que matou tinha ódio’

Vítima foi encontrada morta com ferimentos de faca em seu apartamento no interior de São Paulo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma mulher transexual foi encontrada morta em um apartamento em Ribeirão Preto, no último sábado (10). Milena Massafera, morava no interior de São Paulo, quando foi morta brutalmente com vários ferimentos. Nenhum suspeito foi identificado até o  momento. Em entrevista, o amigo da vítima, Fabio Jesus, disse que ela foi vítima de uma pessoa com muito ódio.

De acordo com as informações do portal G1, a Polícia Civil encontrou vários ferimentos em partes do corpo, provavelmente feitos por uma faca. Para o portal G1, Fábio disse: “A pessoa que matou ela tinha ódio, estava com muito ódio, porque foi muita facada“. Ele é presidente da ONG Arco-Íris e atuante pelos direitos da população LGBTQI+.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com o boletim de ocorrência, havia sinais de luta corporal no imóvel em que Milena foi encontrada, na Vila Tibério, na zona oeste da cidade. Segundo informações divulgadas, tufos de cabelo e amostras de sangue foram recolhidas pela perícia para análise.

Segundo a polícia, o autor do crime se lavou antes de deixar o local. O corpo de Milena foi encontrado pela amiga chef de cozinha Fernanda Oliveira, na sexta-feira (9). A chef decidiu ir até a casa da vítima após ela não aparecer para o encontro de almoço. Ela conta que viu que tinha alguma coisa errada e chamou a polícia. Segundo ela, eles tiveram que contatar a família da vítima, pois a Polícia não podia arrombar a porta, sem autorização.

Infelizmente, vimos aquela cena horrível. Eu consegui tirar a mãe dela de lá. A pessoa agiu com muito ódio, a Milena era amiga de todo mundo. Está todo mundo horrorizado, porque ela era uma menina que não dava trabalho. Eu conto com a polícia e com a Justiça para achar a pessoa que fez isso. Foi muita maldade“, diz a chef.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio