Manuela de Cássia
Manuela de Cássia (Reprodução)

Na manhã desta sexta-feira (24), a polícia italiana prendeu um suspeito de assassinar a transexual brasileira Manuela de Cássia, de 48 anos, famosa por participar do Programa Raul Gil, no Brasil. O corpo de Manuela foi encontrado em Milão no último final de semana, com cerca de 50 facadas.

O suspeito de 42 anos que não teve o nome divulgado foi apontado como o principal indicador do crime. Ele seria um dos clientes fixos de Manuela. De acordo com as autoridades policiais, ele optou por permanecer em silêncio durante todo o interrogatório.

Segundo o jornal La Repubblica, a polícia identificou o homem ao analisar imagens do circuito interno de segurança do prédio de Manuela. As gravações mostrariam o homem entrando e saindo do apartamento da vítima e ainda a placa de seu carro.


“Panterona”, ficou conhecida pelo público devido ao título de Miss Pantera Gay, e ganhou destaque nacional ao participar do quadro de dublagens Gala Show, do programa Raul Gil.