(Divulgação)

A série Star Trek ficará mais inclusiva ao acoplar personagens trans e não-binários em sua grade. A atração será lançada no dia 15 de outubro e, segundo a produtora, o intento é incentivar a representatividade e o acolhimento a todos, sem distinção.

“Sempre teve a missão de dar visibilidade a comunidades pouco representadas”, começou a produtora, Michelle Paradise. “Porque acreditamos em mostrar um futuro em que as pessoas não sofrem divisões com base em suas raças, identidades de gênero ou orientações sexuais. Queremos mostrar que isso é possível, alcançável”, disse.

“Estamos muito orgulhosos de trabalhar com Blu, Ian e com a GLAAD para criar estes personagens extraordinários de forma compreensiva e empoderadora”, continuou ela, visto que os roteiristas contaram com o apoio da GLAAD, organização ativista pelos direitos LGBT+.


Desse modo, Blu Del Barrio dará vida a Adiara, personagem não-binário. Em relação ao homem trans, Ian Alexander fará este papel, incorporando um transexual gay cheio de sonhos e desejos.