Viva Cazuza
Viva Cazuza (Reprodução)

Lucinha Araújo, mãe do cantor Cazuza, por meio de uma entrevista concedida ao Jornal O Globo, à coluna de Ancelmo Gois, revelou que a Sociedade Viva Cazuza fechará as portas. O fechamento se concretizará até dezembro deste ano.

“Tenho 30 anos de dedicação à sociedade e estou com 84 anos. Acho que já cumpri minha missão”, destacou ela, que abriu a fundação em 1990, logo após a morte do cantor, que é um símbolo emblemático da luta contra Aids.

“Eu continuarei fazendo esse trabalho. Não quero mais a responsabilidade toda que eu tinha. Estou muito velhinha”, afirma Lucinha, que, por meio de seu trabalho, já deu assistência para 328 crianças.


Em agosto do ano passado, Lucinha Araújo e a dona Carminha Manfredini, mãe de Renato Russo, confirmaram presença no lançamento da Frente Parlamentar Mista de Enfrentamento às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTS), do HIV/Aids e das Hepatites Virais na Câmara Federal.