“Se Jesus voltasse hoje, seria travesti”, diz Fábio Porchat

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O comediante Fabio Porchat opinou novamente sobre o ataque sofrido pela sede do Porta dos Fundos. Ao receber o prêmio pelo filme “A Primeira Tentação de Cristo” (Netflix), Porchat rememorou o episódio marcado por tentativa de censura e atentado em decorrência do especial com Jesus gay, do Porta dos Fundos.

No Porta dos Fundos a gente não vê polêmica neste especial. Ser gay não é um problema, não é uma falha, não é uma questão de caráter. Ser gay é uma característica. Então, Jesus ser gay não depõe contra Jesus. Ao contrário“, começou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tenho certeza que se Jesus voltasse, e tenho certeza que já tentou, ele teria voltado gay, travesti, mulher, preta e teria morrido em três dias, e não em 33 anos”, disse Porchat.

“E se tentam nos intimidar falando que a gente não pode falar nada, que a gente não deve tocar neste assunto, fique sabendo que dia 10 de dezembro estreia o especial de Natal do Porta dos Fundos no YouTube chamado ‘Teocracia em Vertigem’. Fiquem atentos porque a gente não se cala. A gente não vai se calar”, enfatizou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio