Com o objetivo de zerar as contaminações de HIV/AIDS, a Inglaterra vai criar uma comissão especial de combate à doença, junto à organizações locais, para avaliar novas formas de lutar contra o vírus.

Dirigido pelo ex-CEO do Lloyd’s of London, Dame Inga Beale, o projeto tem como meta não ter novas transmissões do vírus até o ano de 2030. O ambicioso projeto ainda conta com o apoio do governo inglês.

“Temos uma oportunidade única de acabar com a transmissão do HIV na Inglaterra”, disse Dame Inga ao site Gay Star News. E acrescentou: “Este é um grande desafio, mas é um que podemos alcançar se aproveitarmos os recursos e a capacidade que fizeram do Reino Unido um pioneiro na prevenção, tratamento e apoio ao HIV por quase 40 anos”, disse ela.


O projeto funcionará da seguinte forma: o governo do Reino Unido convocará um grupo de especialistas para desenvolver um plano de ação para acabar com as novas transmissões do HIV depois de receber as recomendações.

“Isso é um progresso incrível para os padrões de qualquer pessoa, mas precisamos de um plano claro para atingir essa meta ambiciosa, se quisermos torná-la uma realidade. É por isso que trabalhamos duro para reunir um grupo excepcional de pessoas para mapear a jornada que precisamos seguir”, disse o secretário de Saúde e Assistência Social, Matt Hancock.