Rihanna (Reprodução/Instagram)
Rihanna (Reprodução/Instagram)

A segunda edição do desfile da Savage x Fenty, linha de peças íntimas de Rihanna, disponível em streaming pela Amazon Prime, causou uma grande confusão entre fãs e imprensa.

Mesmo sendo aplaudido pela diversidade de corpos, etnias e variação de orientação sexual, o desfile de Rihanna acabou tocando o remix da canção “Hadith“, considerada uma das mais importantes para o islamismo.

Como muçulmana, não há palavras para descrever o quanto estou decepcionada com a Rihanna por deixar seus modelos dançarem ao [som de] hadith. Se você não é muçulmano, não tem permissão para nos dizer como devemos nos sentir sobre essa situação”, escreveu uma internauta.


Já na manhã desta terça-feira (6), Rihanna decidiu se pronunciar sobre a polêmica e se desculpou com os muçulmanos pelo erro através de seu stories no Instagram:

Eu gostaria de agradecer a comunidade muçulmana por apontar um grande descuido que foi, sem querer, ofensivo no nosso desfile Savage x Fenty“, começou ela.

Rihanna continua o pedido, explicando que isso não ocorrerá novamente: “Eu gostaria de, principalmente, pedir desculpas por esse honesto e descuidado erro. Nós entendemos que ferimos muitos dos nossos irmãos muçulmanos e eu estou extremamente abatida com isso! Eu não trabalho com nenhum tipo de desrespeito ao redor de Deus ou qualquer religião e, com isso, o uso da música no desfile foi extremamente irresponsável. Mais para frente, eu vou me assegurar que nada como isso aconteça de novo. Obrigada pelo perdão e pelo entendimento“, completou ela.