Reynaldo Gianecchini desabafa sobre morte do pai e câncer: “Foi muito forte”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Reynaldo Gianecchini abriu o coração para o apresentador Luciano Huck neste sábado (30), durante sua passagem pelo programa Caldeirão do Huck, no qual participou do quadro De Volta ao Passado.

Durante o programa, Gianecchini fez questão de lembrar de quando passou por um câncer linfático nos últimos anos. Além disso, ele comentou sobre a morte de seu pai, que também passava pelo mesmo processo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu tenho muito carinho, na verdade, por esse processo, por incrível que pareça, que eu passei. Claro que não é confortável passar por todas as dificuldades e perder um pai. Meu pai morreu nos meus braços. Foi muito forte para mim”, contou ele, que recentemente revelou ser bissexual.

“Quando eu presenti que ele estava indo embora, eu larguei meu tratamento, fui pro interior, eu falei: ‘cara, eu preciso ver meu pai, porque eu acho que ele está indo’. Chegando lá estava todo mundo e eu falei: ‘se vocês quiserem podem ir dormir porque eu vou dormir aqui com o meu pai’. E foi nesta noite que ele faleceu”, relatou.

“Eu senti [que tinha] de abraçar e cantar para ele… Eu fui percebendo a hora que ele ia morrer, porque foram baixando as funções vitais dele. Quando eu percebi, eu comecei a cantar e pegar ele no braço”, acrescentou o ator.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio