Representatividade e diversidade devem ser vivenciadas dentro e fora das empresas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O tema diversidade nas empresas está em voga, porém o assunto deve ultrapassar as paredes dos escritórios e ambientes laborativos. Hoje, quando falamos em ter diferentes perfis de colaboradores, queremos dizer que é necessário que o time da empresa tenha representatividade compatível com a diversidade da população e da força de trabalho que esta equipe conquistará. 

Sabemos que a representatividade importa dentro e fora da empresa, e que é preciso compartilhar as histórias. Mesmo como presidente, tenho e tive dificuldades a enfrentar, e acho importante humanizar a jornada. Além disso, é papel do líder promover iniciativas com os funcionários e outros envolvidos na cadeia de valor“, explica Ricardo Eloi, presidente do Grupo Quality Brasil – detentora da marca Sono Quality. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Criamos novos mascotes de pelúcia da linha Soninho, um para representar o público LGBTI e outro para representar os pretos. Somos uma empresa plural, não podemos ter só uma identidade, o Brasil é um país continental e estamos abertos a todos os públicos independentemente de raça, credo, cor ou orientação sexual”, explica Eloi. 

Criamos campanhas de respeito, combate ao racismo, a lgbtfobia, a agressão à mulher, entre outras, desenvolvemos palestras e ações fora da empresa, como a campanha LigueMulher 180 em parceria com o Santos Futebol Clube e seu elenco feminino. Para nós, todos possuem as mesmas chances em cada processo, seja na contratação ou internamente quando tratamos de promoções“, afirma Ricardo. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio