Rayka Vieira (Instagram)

Com o intento de incentivar cada vez mais a representatividade em todos os segmentos, Rayka Vieira, mulher e modelo trans de 25 anos, sairá à frente por Goiás na disputa pelo posto de Miss Brasil.

“Nunca tinha imaginado estar neste lugar até pouco tempo atrás. Era um sonho que parecia tão distante, nunca achei que seria possível realizá-lo. Ainda estou encantada com tudo isso. A ficha de que estarei em um dos maiores concursos de miss do país está caindo aos poucos. Hoje sei que isso é totalmente possível e é um marco histórico para nós, mulheres trans. Me orgulho de ser pioneira no Miss Brasil Mundo”, afirmou Rayka à Folha de S.paulo.

Muitas meninas trans, assim como eu, têm medo de se arriscar. É uma oportunidade que eu não tinha noção de que poderia existir. Estou aqui para mostrar que é possível, um sonho que está se realizando. Não quero ser só mais uma miss, e sim mostrar que nós, mulheres em geral, não precisamos provar que temos algo mais que beleza. Somos inteligentes, fortes, guerreiras, trabalhadoras e humanas acima de tudo”, disse.


Em meio à pandemia do coronavírus, o evento, que tinha data marcada para o término de outubro, se realizará no dia 4 de março de 2021. Ainda, por meio das mídias sociais, Rayka mandou seu recado. “Ser mulher pra mim, nunca foi uma questão de escolha, eu nasci mulher tanto na alma quanto no coração. Prazer, sou Rayka Vieira, miss Centro Goiano, a primeira mulher Trans a participar de um concurso de Miss Brasil , em especial o @missbrasiloficial. Esse é um momento histórico e quero usar dessa voz para mostrar a todas mulheres que juntas, somos mais fortes”.