Projetos de lei querem proibir que casais gays adotem através de agências religiosas nos EUA

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dois projetos de lei do Tennensse (EUA) podem permitir que agências de adoção recusem casais homoafetivos. Isso ocorrepor motivos religiosos. As propostas foram apresentadas na Assembléia Geral do Estado.

O senador republicano Joey Hensley e o representante John Ragan pedem a permissão para que as instituições possam negar casais homossexuais. Isso caso entrem em conflito com as “crenças religiosas sinceras” da empresa. As informações são do The Tennessean.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS:

Pesquisa revela que pais gays costumam ser ótimos na criação dos filhos

SineBahia Móvel atende público LGBT e oferece diversos serviços, em Salvador (BA)

Já o outro texto, apresentado pelo republicano Tim Rudd, propõe permitir que agências de fomento também rejeitem casais do mesmo sexo. Assim como o anterior, levando em conta suas convicções religiosas.

A introdução das leis acontece após o governo Trump aprovar o pedido do governador republicano da Carolina do Sul, Henry McMaster,  para permitir que  agências de fomento religiosas no estado rejeitassem pessoas LGBT +.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio