PROIBIDO! Village People proíbe Donald Trump de tocar “Macho Man” durante seu comício

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No último final de semana, uma multidão de apoiadores de Donald Trump esteve em um comício, em Nevada, quando a equipe do presidente americano, começou a tocar “Macho Man”, clássico do Village People.

De acordo com a Vanity Fair, a faixa foi escolhida para representar Trump, que tem traços delicados, mesmo com cara de bravo. Ironicamente, a canção que virou hino dos LGBTQIA+, é usada na campanha de um candidato conservador.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em junho, o membro fundador do grupo, Victor Willis, único membro da formação original do Village People, pediu que a campanha de Trump parasse de usar sua canção. “Peço que você não use mais nenhuma música minha em seus comícios, especialmente YMCA e Macho Man. Desculpe, mas não posso mais olhar para o outro lado”, disse.

Village People se junta a uma longa lista de artistas que pediram à campanha do Trump para parar de tocar sua música durante seus comícios, como Adele, Aerosmith, The Beatles, Bruce Springsteen, Eddy Grant, Elton John, Guns N ‘Roses, Linkin Park, Luciano Pavarotti, Neil Young , Nickelback, Panic At The Disco, Pharrell Williams, Queen, REM e Rihanna, dentro outros.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio