Programa em São Paulo doa marmitas ao público LGBTQIA+

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No centro Noroeste da cidade de São Paulo, o projeto que carrega o nome de “Cozinhando Pela Vida”, entregará diversas marmitas gratuitamente à população LGBTQIA+ desamparada a partir desta quarta-feira (1).

O intuito principal do programa é atender a todas as pessoas LGBTQIA+, que estão vulneráveis, e carentes. Segundo o R7, a Prefeitura de São Paulo, em parceria com à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, são responsáveis pelo Instituto Laudenor de Souza e o Cosan (Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional), que corresponderão a mais de 600 entregas diárias, destinadas ao público.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As entregas ocorrerão durante o horário de almoço, e de janta, sendo 300 em cada respectivo período. A duração do projeto será de 8 semanas, totalizando 30 mil marmitas entregues.

“O Cozinhando pela Vida é uma iniciativa de três pilares. Além de alimentar a população que está em situação de vulnerabilidade durante a pandemia do novo coronavírus, também emprega e auxilia na renda de cozinheiras e movimenta o comércio local, onde são comprados os insumos das refeições”, afirmou a Secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

Para o firmamento do projeto, a prefeitura opinou que as instituições contratassem profissionais cozinheiros, e os remunerassem, tendo o intuito de ajudar a diversas pessoas que perderam os seus empregos em meio à atual pandemia. Por fim, ainda aconselharam para que comprassem ingredientes e produtos de regiões próximas, também no intuito de reerguê-los em meio a crise.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio