Jair Bolsonaro usou camisa do Bahia (Reprodução)
Jair Bolsonaro usou camisa do Bahia (Reprodução)

Conhecido por promover apoio à comunidade LGBTQ+, o presidente do Bahia não gostou nada de ver o Jair Bolsonaro circulando com a camisa do tricolor baiano em meio o isolamento social.

Durante uma entrevista ao programa “Isso é Bahia”, da rádio A Tarde FM, o Guilherme Bellitani reprovou a atitude do presidente, que nas últimas semanas foi visto passeando de jet ski enquanto o Brasil marcava 10 mil mortos pelo Covid-19.

“Naturalmente, foi ruim ver a camisa do Bahia relacionada ao momento dos 10 mil mortos, mas cada um usa a camisa do Bahia. Não posso condenar o presidente da República de jeito nenhum. Dentro da torcida do Bahia tem pessoas que votam em A, B e C. Não posso ficar aqui condenando pessoas especificamente. Tenho que lutar por causas. E é isso que o Bahia tem feito” afirmou.


Ainda durante a entrevista Bellitani afirmou que tem se esforçado para que o Bahia se torne pioneiro em campanhas que levam à reflexão de seus torcedores e da população quanto a questões sociais relevantes, como o enfrentamento à LGBTfobia no esporte.

“A gente quer ser conhecido por notícias positivas e por enfrentamento dos problemas sociais graves. O Bahia escolheu a política afirmativa de combater problemas sociais graves, de defender causas humanitárias”, iniciou.

“Isso a gente tem feito sempre no combate ao racismo, no combate ao assédio, nas campanhas de reconhecimento de paternidade, na inclusão LGBT no futebol e na sociedade como um todo, no fim do preconceito. São causas que o Bahia defende arduamente. Causas humanitárias”, completou.