Presidente Bolsonaro veta propaganda do Banco do Brasil que investia em diversidade

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma campanha publicitária do Banco do Brasil veiculada com o intuito de atingir ao público jovem foi retirada do ar a pedido do presidente Jair Bolsonaro. A peça trazia atores negros e brancos e fazia referencia a diversidade racial e sexual.

A propaganda que começou a ser veiculada no dia 1.º de abril, saiu do ar há cerca de duas semanas. Nela, havia o objetivo divulgar a abertura de contas através do aplicativo do banco no celular.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A diretoria do BB confirmou a retirada do filme que era transmitido na TV e também internet. Em nota enviada através de assessoria de imprensa, o presidente Rubem Novaes afirma ter concordado com o pedido de Bolsonaro.

“O presidente e eu concordamos que o filme deveria ser recolhido. Saída do diretor em decisão de consenso, inclusive com aceitação do próprio”, escreveu Novaes. As informações são do jornal O Globo.

O episódio também envolveu a demissão do diretor de Comunicação e Marketing do banco estatal, Delano Valentim, que atualmente está de férias. O Palácio do Planalto disse que não faria comentários sobre o assunto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio