David Miranda, Glenn Greenwald
David Miranda, Glenn Greenwald e filhos (Reprodução/Instagram)

O Consulado dos Estados Unidos negou o visto emergêncial para os dois filhos do jornalista Glenn Greenwald e do deputado federal David Miranda (PSOL), visitarem a avó que mora em Miami. Ela está com câncer em estado terminal.

De acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo, os documentos foram apresentados no consulado na semana passada por David Miranda, e, logo em seguida, aprovado. No entanto, quando foi buscar os vistos, o parlamentar foi surpreendido por novas exigências.

Ainda conforme Mônica, David foi informado que seria necessária informações adicionais para a aprovação do visto. Além disso, que não haveria mais data para que eles fossem entregues. Uma das novas perguntas feitas pelo consulado foi: em que os garotos trabalharam nos últimos 15 anos. Detalhe: eles têm 12 e 8 anos.


“Provavelmente houve uma ordem de cima para que isso ocorresse. É uma crueldade com as crianças e com a mãe do Glenn”, diz o parlamentar, que recentemente foi acusado de terrorismo por um deputado bolsonarista.

Desde quando vazou diversas conversas entre o ex-juiz Sergio Moro e procuradores da Operação Lava Jato no site The Intercept Brasil, no qual é dono, o jornalista Glenn Greenwald tem sido alvo de diversas fake news, além de ataques à sua família.