Em Salvador, prefeitura realiza curso de defesa pessoal para público LGBT

O curso de defesa pessoal para a população LGBT terá inscrições abertas nesta terça-feira (2)
O curso de defesa pessoal para a população LGBT terá inscrições abertas nesta terça-feira (2). (Foto: reprodução/Google)

Inscrições foram abertas hoje(2) e as aulas acontecerão na sede do Centro de Referência LGBT, no Rio Vermelho em Salvador.

O curso de defesa pessoal para a população LGBT terá inscrições abertas na terça-feira (2). As aulas serão gratuitas e devem começar no dia 9 de junho, na sede do Centro de Referência LGBT, localizado no Rio Vermelho. Serão abordados procedimentos de segurança na rotina diária e técnicas de defesa pessoal, além de abrir uma discussão sobre práticas de primeiros socorros.

A iniciativa é uma parceria do Centro de Referência LGBT, ligado à Secretaria Municipal da Reparação (Semur), e a Guarda Civil Municipal (GCM). A Guarda disponibilizará profissionais de educação física com experiência em artes marciais, além de um profissional de enfermagem para ministrar o curso. As inscrições vão até 31 de maio.


Os interessados em participar devem entrar em contato através do e-mail crm-lgbt@salvador.ba.gov.br, com informações de nome, número de identidade, endereço completo e telefone para contato. Dúvidas e demais informações podem ser obtidas através dos telefones 3202-2750 / 2758 ou 2757.

“A promoção deste curso está relacionada com os registros recentes de casos de violência, que ainda são um número relevante em Salvador, principalmente com mulheres trans. Essa sensibilização aconteceu a partir deste olhar da Guarda Civil, como uma medida coletiva para melhorar a qualidade de vida e percepção desse público sobre o mundo”, explicou Vida Bruno, coordenador do Centro LGBT.

Aqui entre nós, a ideia do curso não é de toda ruim, mas existe nessa medida uma constatação óbvia e preocupante: eles reconhecem que a prefeitura e as leis não são capazes de proteger a comunidade LGBT. E qual é a solução deles para o problema? Defenda-se quem puder.

Qual a opinião de vocês, sobre?


DEIXE UMA RESPOSTA