“Política não é terreno para intolerância e lacradores”, diz Bruno Covas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste dia 1º de janeiro, sexta-feira, Bruno Covas tomou posse de seu cargo como prefeito na cidade de São Paulo. Em seu discurso, o político enfatizou que não há mais lugar para intolerância e usou o termo popular “lacradores”, ao deixar claro que fará uma gestão unificada.

“Política não é terreno para intolerância e lacradores de redes sociais. Política é a arte de fazer junto, de construir pontes para o futuro, de superar a divergência cega dos que acreditam que a solução virá dos extremos. Está provado que não. As urnas deram recado de moderação muito claro”, disse Covas. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

 “A democracia não está garantida. Ela é tão forte quanto a nossa vontade de lutar por ela, de protegê-la. E proteger a nossa democracia exige luta. Com essas palavras, Kamala Harris abriu seu discurso de vitória nas eleições americanas”, afirmou o prefeito de São Paulo.

Perto das eleições, Bruno Covas (PSDB), em entrevista à Carta Capital, ressaltou que terá uma atenção especial aos grupos minoritários, sobretudo LGBTs.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio