P&G celebra 25 anos da inclusão de LGBT nas políticas da empresa com documentário

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em comemoração aos 25 anos da inclusão dos LGBT na política da P&G, a empresa lançou um curta metragem em formato de documentário que retrata o esforço de Michael Chanak e outros funcionários para ter os direitos da comunidade a se tornar uma das primeiras campanhas da Fortune 500 a tomar uma posição em prol dos LGBTs.

The Words Matter: One Voice Can Make a Difference (As Palavras importam: Uma voz pode fazer a diferença) conta como na década de 1980 que defendiam os direitos dos funcionários LGBT e a P&G, que já protegia as pessoas de diferentes idades, gêneros, raças e religiões decidiu incorporar nas suas políticas o grupo arco-íris, através do colaborador Michael Chanak, iniciando uma corrida para mudar as políticas de proteção da empresa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS:

Canadá inclui terceiro gênero em Censos oficiais

Ativistas LGBT pressionam o governo para aprovação do casamento gay na Costa Rica

“Esse documentário reconhece e celebra as contribuições e esforços de colaboradores da companhia para mudar não só o ambiente de trabalho, mas também a cultura corporativa. Muitas companhias ao redor do mundo passaram por processos similares e esperamos que, ao contar nossa história, outras pessoas e empresas se sintam inspiradas para apoiar as causas em que acreditam e gerar um impacto positivo”, afirmou Fred Heimbeck, diretor de Pesquisa de Mercado e Sponsor de GABLE , pilar de afinidade LGBT da P&G.

O termo “orientação sexual” foi incluso pela primeira vez na cultura de inclusão da P&G em 1992 e se tornou responsável pela diversidade na companhia desde a forma a qual se opera até no desenvolvimento de talentos e comunicação da marca.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio