Taylor Swift
Taylor Swift (Foto: reprodução)

A cantora norte-americana Taylor Swift, passou poucas e boas nas mãos de um perseguidor em todos os cantos dos Estados Unidos. Mas, agora, sua preocupação com o homem parece ter chegado ao fim.

O stalker, Eric Swarbrick, do Texas, foi considerado culpado por mandar mensagens ameaçadoras contra a cantora para a antiga gravadora, Big Machine Records. Por conta disso, Swarbrick foi condenado há 30 meses de cadeia.

O homem chegou a enviar mais de 40 mensagens de e-mail com conteúdos cada vez mais violentos e sexuais. Mas a situação não ficou somente em ameaças onlines. Eric chegou a dirigir até a casa da cantora em Nashville para entregar cartas de ameaças pessoalmente.


Swarbrick chegou a ser preso após invadir a antiga gravadora de Swift na tentativa de encontrá-la. Em conversa com Scott Borchetta, antigo dono da gravadora da Big Machine, o psicopata chegou a dizer que iria estuprar e matar a artista. Agora, condenado, ele passará um bom tempo atrás das grades.