Perdão aos gays e bissexuais no Reino Unido

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Medida só inclui aqueles que foram condenados por relações consensuais com maiores de idade

Milhares de homens gays e bissexuais foram perdoados de maneira póstuma no Reino Unido por crimes relacionados à homossexualidade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A medida, que já havia sido anunciada, entrou em vigor na última terça-feira (31), afetando 49 mil pessoas na Inglaterra e no País de Gales.

A lei leva o nome de Alan Turing, pai da computação moderna. Ele foi condenado em 1952 por atentado violento ao pudor e suicidou-se em 1954 após ser forçado à castração química.

Em 2009, o então premiê Gordon Brown pediu desculpas formalmente por como Turing havia sido tratado.

O cientista foi perdoado em 2013, mas sua família entrou com uma petição formal em 2015 pedindo que os demais homens condenados pelas leis de indecência fossem também contemplados.

A medida só inclui aqueles que foram condenados por relações consensuais com maiores de idade. Relações homossexuais eram criminalizadas na Inglaterra e no País de Gales até 1967, na Escócia até 1980 e na Irlanda do Norte até 1982.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio