Pastor Marco Feliciano cria projeto de lei que pode proibir shows de Madonna e Lady Gaga no Brasil

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Querendo voltar aos holofotes (eleições está ai né?), o Deputado Federal pastor Marco Feliciano (PSC-SP) apresentou um projeto de lei que propõe uma mudança na Lei n° 8.069, responsável pela classificação indicativa em produções culturais como shows e filmes.

A ideia é a proibição da profanação de símbolos religiosos durante todas as apresentações. Sem explicar direito o que seria, de fato: “profanar”, o texto do PL defende que a medida preservaria “a moral e os bons costumes”, tendo grande repercussão nas redes sociais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia Mais:

Pastor não-binário comanda igreja inclusiva no Reino Unido

Pabllo Vittar aparece em ranking da Billboard como uma das artistas mais influentes

Caso o projeto siga em frente e seja aprovado, shows de Madonna e Lady Gaga, por exemplo, podem ser alvos de censura no Brasil, tendo que ser readequados para se apresentar aqui, ou simplesmente não aconteceriam! Outras produções como séries da Netflix, filmes, peças de teatro também passariam pela advertência.

De acordo com o pastor, a proposta do projeto não é censurar qualquer tipo de apresentação, e sim, auxiliar as famílias para o que seria mais apropriado para os seus filhos terem acesso. O PL será encaminhado para a tramitação, para depois ser levado para a Câmara dos Deputados, onde será votado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio