Franklin Graham (Foto: Reprodução)
Franklin Graham (Foto: Reprodução)

O pastor Franklin Graham, não gostou nada da declaração do Papa Francisco sobre a vida pessoal dos homossexuais. Na ocasião, o religioso usou a sua conta oficial do Facebook para afirmar que estão tentando “normalizar”, a homossexualidade.

Impensáveis ​​à luz da Palavra de Deus”. “A primeira família consistia em um marido e uma esposa, depois em seus filhos, que é como Deus define a unidade social mais básica da sociedade, a família. A Bíblia deixa claro que Deus desaprovava quando ‘as mulheres trocavam as relações naturais por outras contrárias à natureza“, começou ele, que se prolongou.

“E os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e foram consumidos de paixão uns pelos outros. Para o Papa Francisco, tentar normalizar a homossexualidade é dizer que as Sagradas Escrituras são falsas, que nossos pecados realmente não importam e que podemos continuar a viver eles“, argumentou o pastor.


Vale citar que, a declaração em prol dos homossexuais pelo Papa, foi dada no inicio desta semana; “Pessoas homossexuais têm o direito de estar em uma família. Elas são filhas de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deveria ser expulso (dela) ou transformado em miserável por conta disso”, comentou ele.