Paulo Alves (PSL)
Paulo Alves (PSL)

Conforme reportamos aqui, segundo o levantamento da Aliança Nacional LGBTI+, o Brasil bateu recorde de pré-candidatos que se declaram pertencentes à comunidade LGBT. Todavia, nem todos seguem uma agenda com pautas voltadas aos grupos minoritários.

O município de Mariluz, no interior do Paraná, por exemplo, elegeu um prefeito gay para estar à frente dos interesses dos munícipes. A cidade de apenas 10 mil habitantes elegeu Paulo Alves (PSL) para o cargo.

“Pelo histórico de vida que eu tenho, que é de ajudar as pessoas, pensar no bem-estar das pessoas e respeitar o meu próximo, as pessoas absorveram isto com uma forma naturalizada. Ouvi as pessoas falarem, independente de opção sexual nós temos o direito de sermos felizes”, conta o político, ao Congresso em Foco.


“Sou Bolsonaro, não levanto bandeiras, defendo a felicidade das pessoas, respeitando as divergências diante de pensamentos”, diz ele, que assumiu publicamente a sua homossexualidade há quatro anos.