Papa Francisco
Papa Francisco (Foto: reprodução)

Tratando-se de religiosidade e preceitos tradicionais rigorosos, o Papa tem tomado atitudes louváveis ao acolher a todos, sem distinção. O religioso cumprimentou os pais de homossexuais e proferiu algumas palavras reconfortantes nesta quarta-feira (16), no Vaticano.

Na dolorosa jornada que cada um de nós tem feito como crentes LGBT , confesso que não teria imaginado que chegaríamos a esta etapa. Reunirmos em audiência com o santo padre”, disse uma das representantes da associação italiana Tenda di Gionata. (Associação fundada a pedido do David Esposito, padre da região de Marche, na Itália)

“Queremos fazer uma ponte com a Igreja para que também ela mude o olhar sobre nossos filhos, não mais os excluindo, mas acolhendo-os plenamente”, disse a vice-presidente da associação, Mara Grassi .“A Igreja não os exclui”, respondeu Francisco. “Ame seus filhos como são, porque são filhos de Deus“.


Recentemente, o líder católico surpreendeu ao falar abertamente sobre sexo. Segundo o Papa, “o prazer vem diretamente de Deus. Não é católico, nem cristão, nem qualquer outra coisa, é simplesmente divino”, falou.