Pabllo Vittar (Foto: Reprodução/Instagram)
Pabllo Vittar (Foto: Reprodução/Instagram)

Nesta sexta-feira (14), a cantora Pabllo Vittar através de sua assessoria de imprensa, se posicionou sobre a denúncia do Conselho Regional de Educação Física (CREF), que a havia acusado “exercício ilegal da profissão”.

Na última quarta-feira (12), Pabllo havia sido denunciada por conta de seus vídeos publicados no Instagram, na qual aparece fazendo exercícios em sua casa. O Conselho Regional de Educação Física da Primeira Região (CREF1) protocolou uma notícia-crime por exercício ilegal da profissão junto ao Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro.

Conforme divulgado pelo jornalista Leo Dias, do Metrópoles, o CREF1 argumenta que Pabllo pratica crime por uma atuação profissional irregular, já que orienta e prescreve seus treinos para seus 10 milhões de seguidores. De acordo com a instituição, apenas profissionais da educação física podem instruir sobre atividades físicas.


Já nesta sexta-feira (14), a equipe da cantora decidiu se pronunciar sobre a denúncia, afirmando que é infundada e que Pabllo nunca orientou seus seguidores a nenhum treino. Confira a nota na íntegra abaixo:

“A assessoria de Comunicação da cantora Pabllo Vittar esclarece que a notícia-crime protocolada pelo Conselho Regional de Educação Física da Primeira Região (CREF1) contra a artista é infundada e inverídica. A cantora nunca prescreveu, deu aula como profissional ou orientou nenhum treino. A cantora ainda deixa claro no vídeo em questão que não é educadora física e apenas mostra – como tantos outros artistas e Influencers – sua rotina de exercícios físicos em suas redes sociais, que também serve como motivação para que seus seguidores procurem hábitos de vida saudáveis.”