Direito LGBT
Direito LGBT (Foto: Montagem Jucy Santos)

Por meio de uma nota solene de repúdio, a Comissão de Diversidade Sexual e Gênero e a Comissão de Direitos Humanos da OAB São Gonçalo mostraram seus descontentamentos com o caso do casal gay, que teria sido agredido na noite de sexta-feira (23) na casa de shows Vintage Club, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio.

O caso, que já está sendo devidamente investigado na 72ª DP (São Gonçalo), ganhou força nas mídias sociais. O casal relata que foi agredido verbalmente e fisicamente, e que tudo começou de forma muito rápida.

Foi tudo muito rápido. Me seguraram por trás e nisso que me seguraram por trás já começaram a bater nele. Deram um soco no ouvido dele, foi quando ele caiu. E começaram a bater nele e aí eu vi aquilo, eu fui pra cima pra poder perguntar porque vocês estão batendo nele, o que tá acontecendo. E aí foi quando eu também fui agredido”, disse uma das vítimas do ocorrido ao G1.


“Eu me sinto impotente como cidadão, com medo de não poder ser quem eu sou, de não poder me divertir com meus amigos. A gente tá cansado de ser agredido, de ser perseguido”, destacou.

O estabelecimento, em resposta ao G1, disse que repudia o preconceito e tomará as medidas cabíveis.