Nova série da BBC vai abordar últimos meses de Marilyn Monroe

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ícone da cultura mundial, Marilyn Monroe, que já teve filmes e livros em sua homenagem, agora terá uma série. De acordo com informações da revista Variety, a produção, ainda sem data de estreia definida, já está em desenvolvimento pela BBC Studios.

Com o título “The Last Days of Marilyn Monroe”, a trama será baseada em partes do livro “Os últimos anos de Marilyn Monroe”. Escrita por Keith Badman. A eterna “loira bomba” foi uma personagem controvérsia. Marcada por um humor ultra volátil e atrasos na gravação, Marilyn tinha uma melancolia intrigante e uma ingenuidade fatal. Alguns não a enxergavam como uma sublime atriz, mas, quando estava em cena, era assertivamente a que mais brilhava.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, também serão abordados os romances da atriz com personalidades como os irmãos Kennedy. Marilyn já teve um filme em sua homenagem, Sete dias com Marilyn. O filme mostra a estadia de Marilyn em Londres para gravar um filme. Durante uma semana, um assistente de produção mostra um pouco do país à estrela.

O projeto

Marilyn sempre foi vista como um objeto sexual, como ela era dúbia, algumas vezes parecia se divertir nesta condição. Contudo, sempre quis ser reconhecida pelo seu verdadeiro ofício: atriz. Em um comunicado oficial, o roteirista Dan Setfon, responsável pelo roteiro e pela produção executiva de “The Last Days of Marilyn Monroe”, destacou a importância do projeto para os dias atuais. “O desejo de Marilyn de ser levada a sério como atriz e sua batalha contra os homens poderosos que controlam o sistema de Hollywood é tão tristemente relevante hoje quanto sempre foi”, disse.

A morte desta garota explosivamente fatal é algo que ainda geram muitas especulações. Suicídio ou assassinato? Esta dúvida permeia o imaginário dos interessados no assunto há anos. Sobretudo pelo seu envolvimento com Kennedy e, por supostamente, se desentender com a primeira-dama.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio