Nos bastidores do BAFTA, Rami Malek revela como Freddie Mercury aceitou participar do Live Aid

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bohemian Rhapsody, filme protagonizado por Rami Malek, conta parte da trajetória de Freddie Mercury e da banda Queen. Mesmo que não seja completamente fiel à sequência de fatos da realidade, a cinebiografia musical é certeira em vários aspectos. Um deles é a grandeza que o Live Aid, festival que aconteceu em 1985 e ergueu fundos para a África, teve para a banda.

Neste domingo (10), Rami Malek venceu o prêmio BAFTA de melhor ator pelo papel. De acordo com informações da NME, o ator contou, nos bastidores, o que houve para Freddie Mercury aceitar participar do festival. “Eu não sei se Bob Geldof [um dos organizadores do Live Aid] vai me matar por falar isso”, começou o ator, brincando. “Nós nos encontramos ontem e ele me contou sobre a ligação que fez para Freddie. Ele disse: ‘eu acho que tem um evento feito especialmente para o Queen. Especialmente você”, revelou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais:

Republicano da Virgínia (EUA) compara comunidade LGBT ao Ku Klux Klan

Pela 1ª vez, personagem de série da Disney revela ser gay

“E ele continuou: ‘Esse público foi feito para você Freddie‘, que rebateu. ‘Como assim, querido?’. ‘Bem, é o mundo inteiro’”. A resposta do vocalista teria sido: “bem, agora entendo o que quis dizer.”

Encarnando Freddie Mercury, Rami Malek já venceu um Globo de Ouro e um BAFTA de melhor ator. Ele segue na disputa por um Oscar na mesma categoria. As informações são do UOL.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio