Nany People declara: “é preciso mudar o conceito de família”

Humorista comentou sobre o mês do Orgulho LGBTQIA+

Publicado em 10/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No mês do Orgulho LGBTQIA+, a atriz e humorista Nany People bateu um papo com a revista Marie Claire, e comentou que a população precisa de mais visibilidade para que assim, sobrevivam em um cenário preconceituoso como o atual.

“Nas campanhas, por exemplo, já existe um mercado engajado, mas vivemos essa atmosfera polarizada, então temos a outra metade, que é contra. Eu digo para abrirmos janelas, para que vejam nossa sobrevivência. É preciso mudar o conceito do que é a família, se desapegar de ser isso ou aquilo”, disse ela.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na sequência, ela comentou sobre a sua descoberta como trans. “Pra mim, me descobrir trans foi solução, não problema. Problema foi retardar isso até os 22 anos, porque não tinha nome o que eu era. Dizem que fiz história, mas eu estava sobrevivendo. Tive coragem de ser feliz sendo quem eu era, e foi a arte que me deu essa coragem”, afirmou ela.

Ao concluir, Nany ainda comentou sobre a sua personagem no filme “Quem Vai Ficar com Mário?”. “Minha geração saía de casa para mostrar que era capaz, e muitos aproveitavam para assumir uma condição que não era aceita e riscava a família de sua vida. O filme mostra a importância e a necessidade de não anular ninguém. A família pode ser feliz, cada um como é”, finalizou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio