Nanda Costa e Lan Lanh (Reprodução/Instagram)
Nanda Costa e Lan Lanh (Reprodução/Instagram)

Conforme reportamos, Nanda Costa e Lan Lanh  apareceram por meio de uma live, no dia 12 de junho, para interagir com fãs, o que acabou gerando a ideia de ecoar esta voz com generosidade.

A pandemia do novo coronavírus impactou diretamente diversos artistas independentes. Assim, a ideia é auxiliá-los de alguma forma e, nesse sentido, nasceu a Live do Chapéu. A gente passou a semana pensando nisso: como tem gente muito talentosa pelo País, e que nós não conhecemos. E que talvez, se não fosse a pandemia, a gente não ia alcançar essa arte. A gente também estava observando esse movimento de os artistas passando chapéu virtual. O chapéu sempre foi a forma mais democrática e generosa de podermos colaborar com o trabalho do artista independente, porque quanto mais independente é o artista, mais ele depende do público para essa troca”, disse Nanda.

Ao GloboNews hoje (18), as duas discorreram a respeito do projeto intitulado Live do Chapéu. “Tinham vozes maravilhosas, compositores que, se não fosse esse momento de confinamento, não teríamos descoberto”, asseverou a percussionista Lan Lanh.


Recebemos mais ou menos 15 artistas em cada domingo, foram 5 domingos, e nós pretendemos voltar com uma nova temporada no futuro”, destacou a atriz, que voltará às telas em Amor de Mãe.