Protesto em NY - Stonewall
Protesto em NY - Stonewall - foto reprodução CockTails and Cocktalks

Um protesto pacífico no último fim de semana pelo mês do Orgulho em Nova York terminou em um confronto violento com a polícia, que prendeu e borrifou spray de pimenta sobre pessoas que marchavam por direitos igualitárias.

Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram policiais empurrando espectadores para o chão, atingindo-os com cassetetes e lançando spray de pimenta nas multidões. As coisas começaram a piorar quando um manifestante foi preso por policiais que tinham seus números de crachás cobertos.

Eliel Cruz, que postou suas imagens do dia no Twitter, disse ao BuzzFeed News que estava “tranquilo” inicialmente: “Então eu vi 20 policiais em motos e alguns carros da polícia aceleram imediatamente, então eu andei um pouco mais rápido”, ele acrescentou, “Estávamos exigindo que a polícia liberasse o manifestante, e eles começaram a espancar as pessoas”.


Os organizadores do protesto criticaram o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, em uma declaração que dizia: “No exato momento em que o prefeito de Blasio twittou sobre honrar o Stonewall e o movimento de direitos LGBTQIA+, o NYPD reagiu com violência física incluindo a pulverização de pimenta em seus próprios colegas”.

“Usar spray de pimenta contra a comunidade negra e queer, derrotar os manifestantes LGBTQIA+ com cassetetes e bicicletas e intimidar nosso direito de nos reunir pacificamente reflete o desrespeito que o prefeito, juntamente com a polícia de Nova York, tem pela vida e pela segurança de todos os negros e LGBTs de NY”.